SISTEMAS DE GESTÃO (HSEQ)

 

Implantamos, Integramos Sistemas de Gestão e

Ministramos Cursos na Área

 

  • ISO 9001 – Sistema de Gestão da Qualidade
  • ISO 9001 – Ferramentas da Qualidade
  • ISO 14001 – Sistema de Gestão do Meio Ambiente
  • ISO 15419 – Sistema de Gestão em Organizações Educacionais
  • ISO 16501 – Sistema de Gestão PD & I
  • ISO 19011 – Auditoria
  • ISO 22301 – Sistema de Gestão de Continuidade nos Negócios
  • ISO 22000 – Sistema de Gestão de Segurança Alimentos
  • ISO 25000 – Sistema de Gestão de Responsabilidade Social
  • ISO 27001 – Sistema de Gestão da Informação
  • ISO 31000 – Sistema de Gestão de Riscos
  • ISO 55000 – Sistema Gestão de Ativos
  • ISO 55001 – Sistema Gestão de Energia
  • ISSO/TS 16949 Sistema Gestão Indústria Automotiva
  • OHSAS 18001 Sistema de Gestão de Segurança
  • PBQP-H – Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat
  • 6 SIGMA
  • PAS 99 Integração e Anexo SL
  • Projeto para desenvolvimento de software para os serviços acima.

Benefícios  atingíveis da implantação de um Sistema de Gestão da Qualidade de acordo com a NBR ISO 10014:

 

  • Redução de custos
  • Maior competitividade
  • Otimização do uso de recursos disponíveis
  • Aumento da responsabilidade dos empregados
  • Processos otimizados, eficazes e eficientes.
  • Melhor desempenho da cadeia de suprimentos
  • Menor tempo de lançamento de produtos no mercado
  • Melhor desempenho organizacional, credibilidade e sustentabilidade.
  • Maiores receitas
  • Maior retenção e lealdade dos clientes
  • Melhor desempenho orçamentário
  • Melhor fluxo de caixa
  • Melhoria sobre o investimento
  • Melhor retorno sobre investimento
  • Melhora a tomada de decisão

Mostraremos um exemplo, abaixo, dos benefícios em relação ao Sistema de Gestão Ambiental.

 

A crescente conscientização ambiental da sociedade aumentou a pressão sobre a comunidade empresarial de que os padrões de produção e consumo correntes são insustentáveis. Assim, as empresas entenderam que, para continuarem funcionando, terão que integrar, cada vez mais, componentes ambientais a suas estratégias comerciais e seu planejamento estratégico.

Atualmente, as empresas que oferecem mais informações sobre o seu desempenho ambiental melhoram as relações com acionistas, fornecedores e consumidores, e isso representa uma vantagem de mercado.

Normalmente, a implementação de um sistema de gestão ambiental é um processo voluntário. O grande motivo para a implantação desse sistema é que o meio ambiente representa ao mesmo tempo riscos e oportunidades, para que uma empresa seja bem-sucedida ela deve controlar os riscos e desenvolver as oportunidades.

Ao optar pela implantação de um SGA, as companhias não recebem apenas benefícios financeiros, como economia de matéria-prima, menores gastos com resíduos, aumento na eficiência na produção e vantagens de mercado, mas sim, estão também diminuindo os riscos de não gerenciar adequadamente seus aspectos ambientais, como acidentes, multas por descumprimento da legislação ambiental, incapacidade de obter crédito bancário e outros investimentos de capitais, e perda de mercados por incapacidade competitiva.

Benefícios da adoção de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA):

Conformidade legal, evita: Penalidades; Indenizações civis e processo criminal; Menor tolerância das autoridades; Paralisação das atividades; Mudança de local.

Melhoria da imagem da companhia (reputação), pois:
Os consumidores preferem produtos ecologicamente corretos, e o mercado reconhece e valoriza organizações ambientalmente corretas cada vez mais;
Instituições financeiras e seguradoras avaliam o desempenho ambiental das empresas;
Transparência e empresas “limpas” são bem vistas;

Melhoria da competitividade (vantagem de mercado), pois:
Compromisso ambiental é prática básica no comércio internacional;
Consumidores mais influentes começam a exigir critérios ambientais;
Padrões internacionais mais rigorosos para acesso a mercados;
Com a globalização da economia mundial e a criação de grandes blocos internacionais, como a União Européia, o cuidado com o meio ambiente passa a ser um fator estratégico.

Redução de custos, devido à:
Minimização dos desperdícios de matéria-prima e insumos;
Eliminação de risco de passivo ambiental e despesas dele decorrentes;

Conformidade junto à matriz e/ou clientes:
Prevenir problemas X Corrigir problemas (minimiza despesas com remediação e multas);
Melhoria contínua  (estar sempre um passo adiante dos concorrentes).

Concluindo, cuidado com meio ambiente não é apenas sinônimo de despesa, pois o gerenciamento ambiental também pode significar economia de insumos, maior valor agregado ao produto, novas oportunidades de negócios e boa reputação para as empresas identificadas como ecologicamente corretas.

 

APLICAÇÕES DA GESTÃO DE RISCOS

 O processo de gestão de riscos pode ser aplicado a decisões em todas as organizações e em todos os seus níveis,  sendo a organização como um todo e um departamento, equipe ou individuo. O processo de gestão de riscos pode ser aplicado a uma atividade ou função.

 A gestão de riscos pode ser formal ou informal, e dar fundamentação para decisões, exemplos: mudanças, políticas, estratégicas, procedimentos, projetos, investimentos e outros.

A gestão de riscos possui uma gama variada de aplicações, tais como:

  • Planejamento estratégico, operacional e de negócios;
  • Gestão de ativos, planejamento de recursos, conhecimento, P&D e inovação;
  • Interrupção e continuidade de negócios;
  • Mudança organizacional e tecnológica;
  • Reestruturação organizacional;
  • Produtos e serviços;
  • Responsabilidade civil de diretores e gerentes;
  • Desenvolvimento de políticas publicas;
  • Questões ambientais;
  • Questões relativas a ética, fraude, segurança, patrimonial, compliance e probidade;
  • Alocação de recursos;
  • Investimentos;
  • Risco público e responsabilidade civil geral;
  • Estudos de viabilidade;
  • Estudos de mercado;
  • Planos de negócios;
  • Conformidade;
  • Saúde e segurança no trabalho;
  • Operações e sistemas de manutenção;
  • Gestão de projetos; e
  • Gestão de compras e contratos;
  • Analise mercadológica e tendências.

A gestão de riscos contribui para a boa governança corporativa dando garantias à diretoria e à gerencia de que seus objetivos organizacionais serão atingidos dentro de um grau aceitável de risco residual.

error: Conteúdo com direitos autorais
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.